GESTÃO SOCIOAMBIENTAL DE EMPRESAS NO MUNICÍPIO DE SÃO CARLOS (SP, BRASIL)
PDF

Como Citar

Garrido, L. D., & Figueiredo, R. A. de. (2010). GESTÃO SOCIOAMBIENTAL DE EMPRESAS NO MUNICÍPIO DE SÃO CARLOS (SP, BRASIL). Revista De Gestão Social E Ambiental, 4(2), 56–74. https://doi.org/10.24857/rgsa.v4i2.269

Resumo

A gestão ambiental visa impedir que empresas e/ou indústrias consumam mais recursos naturais do que o necessário e que lide com os riscos ambientais potenciais. São Carlos (SP, Brasil) é hoje, um grande pólo tecnológico, abrigando centenas de indústrias, sendo a 5ª maior arrecadação do Produto Interno Bruto (PIB) estadual. O objetivo deste trabalho é analisar, com base na Série de Normas NBR (Norma Brasileira Registrada) ISO 14000:2000, a forma de conduta quanto à gestão socioambiental de indústrias do município de São Carlos. Procurar-se-á verificar a existência de um comportamento diferente entre empresas que possuem ou não a certificação NBR ISO 14000:2000. Os dados foram obtidos através de um questionário enviado a dezoito indústrias selecionadas aleatoriamente, contendo questões fechadas e abertas sobre a política ambiental, o consumo de recursos naturais, o tratamento de resíduos, o treinamento dos colaboradores e a formação acadêmica dos responsáveis pela área de gestão ambiental na empresa. As informações coletadas foram analisadas através de estatística descritiva e análise de conteúdo. O resultado obtido em 18 empresas, sendo sete delas certificadas pelas normas NBR ISO 14000:2000, demonstra que as certificadas vêm desenvolvendo seus processos e estratégias de produção visando à redução dos impactos no meio ambiente natural, gerados pelo processo de fabricação. As não certificadas demonstram interesse em possuir a certificação, porém, não desenvolvem estratégias pertinentes para uma implantação eficaz da gestão ambiental, principalmente devido ao alto custo. Conclui-se que as empresas com certificação estão cumprindo as normas técnicas para a proteção do ambiente natural, mas com pouca preocupação sobre o ambiente social.

Palavras-chave: Gestão socioambiental, NBR ISO 14000:2000, Indústrias.

Abstract

Environment management aims at supporting companies and/or industries to consume not more natural resources than the necessary. It also deals with potential environmental risks. São Carlos (SP, Brazil) is nowadays a great technological region, sheltering hundreds of industries, being the 5th bigger collection of the state GIP. The objective of this work is to analyze, on the basis of the ISO 14000, how the companies in São Carlos deal with socioenvironmental management. The existence of a different socioenvironmental behavior among companies which possess or not the NBR ISO 14000 Certificate was also verified. The data was obtained through a questionnaire that was sent to eighteen industries selected randomly, containing questions on the environmental policy, consumption of natural resources, treatment of residues, training of collaborators and academic background of the ones responsible for the area of environment management in the company. The collected information was analyzed through descriptive statistics and analysis of content. The result gotten in 18 companies, being seven of them certified with the NBR ISO 14000, demonstrates that the certified ones developed their processes and production strategies aiming on the reduction of impact in natural environment, adding new techniques and new services in the attempt to minimize the natural environment impacts generated by the manufacture process. The non-certified companies demonstrated interest in possessing the certification, but have not developed pertinent strategies for an efficient implantation of the environment management, mainly due to its high cost. The conclusion is that the companies with certification are fulfilling the norms techniques for the protection of the natural environment, but with few concerns to socioenvironmental improvement.

Keywords: socioenvironmental management, NBR ISO 14000:2000, industries.
https://doi.org/10.24857/rgsa.v4i2.269
PDF
• O(s) autor(es) autoriza(m) a publicação do artigo na revista; • O(s) autor(es) garante(m) que a contribuição é original e inédita e que não está em processo de avaliação em outra(s) revista(s); • A revista não se responsabiliza pelas opiniões, ideias e conceitos emitidos nos textos, por serem de inteira responsabilidade de seu(s) autor(es); • É reservado aos editores o direito de proceder ajustes textuais e de adequação do artigos às normas da publicação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...