INFLUÊNCIA DA IDENTIDADE ÉTNICA NA PERCEPÇÃO DE JUSTIÇA ORGANIZACIONAL MEDIADA PELO SISTEMA DE RECOMPENSAS

Mourtala Issifou, Ilse Maria Beuren

Resumo


Este estudo analisa a relação entre a identidade étnica e a percepção de justiça organizacional mediada pelo sistema de recompensas. A identidade étnica foi analisada pela caracterização étnica dos respondentes, dos pais e do sentimento de pertencimento étnico. Para o construto, percepção de justiça organizacional, consideraram-se as dimensões de justiça distributiva, processual, informacional e interpessoal. Uma survey foi realizada com funcionários de uma organização multiétnica, do Ministério das Relações Exteriores da República do Benim, e a amostra compõe-se dos 106 respondentes do instrumento de pesquisa. As hipóteses foram testadas com a técnica de modelagem de equações estruturais. Os resultados revelaram que a identificação étnica e o sistema de recompensas contribuem para a explicação da percepção de justiça organizacional dos funcionários. O sistema de recompensas mediou parcialmente a relação entre a identidade étnica e a percepção de justiça organizacional, o maior efeito indireto da identidade étnica via sistema de recompensas foi na percepção de justiça distributiva. A identidade étnica ter apresentado efeito positivo e direto na percepção de justiça distributiva e processual, mas não na justiça informacional e interpessoal, revela uma lacuna de pesquisa.

Palavras-chave


identidade étnica, pertencimento étnico, justiça organizacional, sistema de recompensas.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.24857/rgsa.v14i2.2162

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Revista de Gestão Social e Ambiental ISSN: 1981-982X