INOVAÇÃO SOCIAL NA ANÁLISE DO CICLO DE EXPANSÃO DO PROGRAMA 1 MILHÃO DE CISTERNAS

Carolina Beltrão de Medeiros, Carla Regina Pasa Gómez

Resumo


Este artigo tem como objetivo apresentar uma análise da expansão de uma inovação social, o Programa Um Milhão de Cisternas (P1MC). A gestão do programa foi iniciada pela mobilização de um grupo pequeno de atores sociais, a partir da implantação de uma tecnologia social. O programa foi ampliado por meio de uma rede de atores organizacionais até ser institucionalizada pela Lei 12.873, de 24 de outubro de 2013, que instituiu o Programa Cisternas. A natureza do estudo é qualitativa e, para a análise dos dados coletados, foi utilizado como referencial o Modelo Teórico da Expansão de Iniciativas de Inovação Social (Medeiros, 2018) e análise de conteúdo categorial. A discussão dos dados possibilitou inferir que há uma expressiva participação dos atores organizacionais na expansão, que possibilitam melhorias na execução do programa nos territórios, concedendo este retorno como aprendizado para os atores institucionais, que também colaboram no processo de coordenação de atividades. Como conclusão, corrobora-se que o P1MC segue um percurso de expansão por meio de abordagens de gestão tanto top-down quanto bottom-up, validando-as para esta iniciativa de inovação social e ressaltando o papel fundamental exercido pelos atores organizacionais no processo. Como aprimoramento metodológico, sugere-se que o Modelo teórico da Expansão de Iniciativas de IS (Medeiros, 2018) seja aplicado em outros casos para que se possa validar, de forma mais específica, a categoria Mobilização de Atores, que está apresentada, de forma bastante genérica, e não apontou os diversos papéis que os atores assumiram durante o percurso de expansão do P1MC.

Palavras-chave


Inovação Social Top-down. Inovação Social Bottom-up. Tecnologia Social. Mudança Sistêmica. Gestão Social.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.24857/rgsa.v13i3.2064

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Revista de Gestão Social e Ambiental ISSN: 1981-982X