UM ESTUDO SOBRE DETERMINANTES DA INTENÇÃO DE COMPRA DE ALIMENTOS ORGÂNICOS

Luciene Eberle, Fernando Lorandi Erlo, Gabriel Sperandio Milan, Fernanda Lazzari

Resumo


O presente estudo teve como objetivo desenvolver e testar um modelo teórico contemplando os construtos consumo consciente, qualidade percebida, preço, credibilidade da marca e o impacto na intenção de compra. Diante disso, foi realizada uma pesquisa quantitativa descritiva, por meio de uma survey, a qual obteve 332 respondentes que possuem o hábito de compra de alimentos orgânicos, averiguando também, o nível de conhecimento acerca das marcas internacionais de alimentos orgânicos. A metodologia foi aplicada por meio da modelagem de equações estruturais e do teste de moderação da quantia média gasta pelos consumidores. Os resultados confirmaram o impacto do consumo consciente na qualidade percebida, da qualidade percebida no preço e na credibilidade da marca e da credibilidade da marca e do consumo consciente na intenção de compra de alimentos orgânicos, demonstrando uma mudança do comportamento do consumidor, evidenciando sua preocupação com uma vida mais saudável.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.24857/rgsa.v13i1.1759

Direitos autorais 2019 Revista de Gestão Social e Ambiental

Revista de Gestão Social e Ambiental ISSN: 1981-982X