SUSTENTABILIDADE AGROPECUÁRIA DE PRODUTORES RURAIS EM MUNICÍPIOS DO SERTÃO DA PARAÍBA
PDF

Palavras-chave

Desenvolvimento sustentável
Qualidade de vida rural
Comportamento ambiental
Semiárido.

Como Citar

Pinto Junior, V. M., Gondim, A. R. de O., Maracajá, P. B., & Andrade, A. B. A. de. (2019). SUSTENTABILIDADE AGROPECUÁRIA DE PRODUTORES RURAIS EM MUNICÍPIOS DO SERTÃO DA PARAÍBA. Revista De Gestão Social E Ambiental, 12(3), 77–94. https://doi.org/10.24857/rgsa.v12i3.1601

Resumo

Objetivou-se avaliar o nível de sustentabilidade dos produtores rurais em quatro municípios do Sertão da Paraíba, analisando a contribuição dos indicadores quanto à qualidade de vida, preservação ambiental e capital social. Os dados foram obtidos, mediante aplicação de questionário com 40 produtores rurais de cada município e, com base nestes dados, foram calculados os índices de qualidade de vida, capital social e ambiental, para, então, definir o índice de sustentabilidade. Nos municípios do Sertão paraibano estudados, verificou-se que, segundo os produtores rurais, as atividades pecuárias que apresentam melhor desempenho econômico são a caprinocultura, a apicultura e a bovinocultura. Dentro das atividades agrícolas, destacam-se a fruticultura e a cultura de sequeiro. Em relação ao índice de qualidade de vida, todos os municípios foram caracterizados como nível médio. Para o índice de capital social, apenas Triunfo foi definido como baixo nível, os demais foram classificados como médio. O município de Santa Helena apresentou índice ambiental de médio nível de preservação, sendo as caracterizações dos demais municípios de baixo nível. A sustentabilidade dos produtores rurais, dos municípios de São João do Rio do Peixe, Santa Helena e Poço de José de Moura foi definido como médio. O município de Triunfo foi classificado como de baixo nível de sustentabilidade dos produtores rurais o qual teve contribuição negativa da baixa preservação ambiental e pequena participação social dos produtores.
https://doi.org/10.24857/rgsa.v12i3.1601
PDF
• O(s) autor(es) autoriza(m) a publicação do artigo na revista; • O(s) autor(es) garante(m) que a contribuição é original e inédita e que não está em processo de avaliação em outra(s) revista(s); • A revista não se responsabiliza pelas opiniões, ideias e conceitos emitidos nos textos, por serem de inteira responsabilidade de seu(s) autor(es); • É reservado aos editores o direito de proceder ajustes textuais e de adequação do artigos às normas da publicação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...