PAPÉIS DAS EMPRESAS E O CONSUMO SUSTENTÁVEL NA VISÃO DE ESPECIALISTAS BRASILEIROS

Verônica Macário de Oliveira, Carla Regina Pasa Gomez, Suzanne Érica Nóbrega Correia

Resumo


Este artigo teve como objetivo analisar os papéis das empresas para promover o consumo sustentável no contexto brasileiro. Considera-se que as empresas desempenham papéis relevantes no processo de promoção do consumo sustentável e que as suas responsabilidades não se limitam às questões tecnológicas, mas incorpora também ações e estratégias que se estendem nas relações com os demais stakeholders e contemplam mudanças estruturais e culturais. Assim, em termos de procedimentos metodológicos, foi realizada uma pesquisa junto a quarenta especialistas brasileiros na temática, a partir do uso do Policy Delphi, para avaliar a relevância dos papéis identificados em amplo levantamento bibliográfico de base nacional e internacional. Os resultados demonstram que dos doze papéis analisados, apenas o lobby, no nível macro, não foi validado como relevante. Alguns especialistas consideram que há uma incompatibilidade entre o desempenho desse papel e os interesses econômicos das empresas. Além disso, o estudo aponta para a necessidade de que as questões estruturais e contextuais que envolvem a busca pela promoção do consumo sustentável devem ser corrigidas em ambos os lados - consumo e produção.

Palavras-chave


Consumo Sustentável; Papéis das empresas; Responsabilidade Socioambiental Empresarial; Desenvolvimento Sustentável.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.24857/rgsa.v12i2.1485

Direitos autorais 2018 Revista de Gestão Social e Ambiental

Revista de Gestão Social e Ambiental ISSN: 1981-982X